Vem aí a Noite dos Museus 2014!

Noite dos Museos Recoleta

Cerveceria Munich na Noite dos Museus

Vem aí a 11a edição da tradicional Noite dos Museus de Buenos Aires. Neste sábado, dia 15 de novembro, a partir das 20hs e até as 03hs da manhã, os principais museus e centros culturais portenhos abrem suas portas para que o o público possa desfrutar do patrimônio cultural da cidade. Neste ano são 208 espaços culturais no total, com atividades especiais e também com suas exposições normais, todas com entrada grátis.

Para participar não é preciso se inscrever ou retirar entradas antecipadamente, mas algumas atrações podem ter limite de público devido à capacidade do lugar onde acontecem. A Noite dos Museus atrai um público massivo, por isto é preciso levar em conta as filas enormes, principalmente nos museus mais concorridos como o Malba e o Museu Nacional de Belas Artes.

Neste ano há um ponto de encontro na Plaza Vaticano, ao lado do Teatro Colón e próxima ao Obelisco, onde as pessoas poderão encontrar stands de informação sobre todas as atividades programadas.

Também vai ser possível entregar alimentos não perecíveis  para contribuir com a Fundación Banco de Alimentos. A coleta será feita na porta de 10 museus e espaços culturais.

Como nas edições passadas, haverá transporte grátis em linhas de ônibus determinadas para poder recorrer as atividades entre os museus. Para imprimir o passe de ônibus e conhecer quais as linhas que podem ser usadas, basta entrar na página oficial:  www.lanochedelosmuseos.gob.ar. Nesta página também podemos consultar a lista de todos os museus participantes e baixar a programação completa.

Noite dos Museus bairro La Boca

Noite dos Museus no bairro de La Boca

 

O jornal Clarin publicou hoje uma seleção das melhores propostas culturais desta edição 2014 da Noite dos Museus, e aqui está um breve resumo dos imperdíveis para amanhã.

Mafalda, Quino e Passeo de la Historieta

As mostras dedicadas aos 50 anos de Mafalda continuam e esta é uma excelente oportunidade para vê-las. O Paseo de la Historieta, dedicado aos personagens infantis argentinos, também terá atividades especiais e caricaturistas que farão caricaturas gratuitas de quem passar por lá.

Júlio Cortázar e Anibal Troilo.

O centenário de duas grandes figuras argentinas, Cortázar na literatura e Troilo no tango, são outro eixo da programação deste ano. Várias atividades para recordar e homenagear estes dois artistas estão programados.

Polo Bandonéon

O tango não pode faltar em nenhum evento de Buenos Aires. O novíssimo Polo Bandoneón, centro cultural dedicado ao instrumento mais característico do tango localizado na Ponte Alsina, zona sul de Buenos Aires, oferece música ao vivo, exibição de dança e mostra fotográfica dedicada a Troilo.

Noite mágica nos Bosques de Palermo

Planetario Galileo Galilei

Planetario Galileo Galilei em Palermo

Primeira Edição da Noite de Gala da companhia de música Zurich, um concerto de música clássica conduzida pelo maestro Angel Mahler, acompanhado por sua orquestra de 40 músicos, um coral e artistas convidados.  O concerto começa a partir das 20hs no Planetário Galileo Galilei, nos Bosques de Palermo.

Futebol

Este ano os museus dos clubes River Plate e Argentinos Juniors terão muitas atividades relacionadas a esta grande paixão argentina que é o futebol. O museu do Boca Juniors também faz parte da Noite dos Museus.

Milha dos Museus

Malba

Malba

A Milha dos Museus é um recorrido que reúne mais de 15 museus próximos uns aos outros nos bairros de Recoleta, Palermo e Retiro. O Malba, o Museu Nacional de Belas Artes e o Centro Cultural Recoleta são apenas alguns dos espaços que formam parte da Milha dos Museus portenhos.

Noite dos museus Floralis

Floralis Generica

A Noite dos Museus é uma ótima oportunidade de conhecer a variedade artística e cultural de Buenos Aires em horários alternativos, curtindo a noite portenha. Um evento imperdível! Qual é seu museu portenho favorito? Faça sua recomendação nos comentários! 

Anúncios

Buenos Aires Rojo Sangre 2014

BARS - Buenos Aires Rojo Sangre

BARS – Buenos Aires Rojo Sangre

 

O Buenos Aires Rojo Sangre (BARS) é um dos poucos festivais especializados em filmes dos gêneros terror, fantástico e bizarro que existem e está orientado basicamente a produções independentes e de baixo orçamento (que caracterizam a maioria dos filmes destes gêneros). Além de ser o festival de cine fantástico mais antigo da América Latina, hoje em dia se converteu em programa obrigatório para todos os amantes deste tipo de filmes.

O festival surgiu com a crescente produção de filmes de terror na Argentina que não conseguiam espaço em festivais mais formais, muito menos nas salas de exibição tradicionais locais. A primeira edição do BARS aconteceu em dezembro de 2000 no auditório da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade de Buenos Aires, para um público limitado.

De lá pra cá, o festival cresceu não só em matéria de público mas também em número de filmes participantes e em horas de exibição, somou categorias competitivas de curtas e longas-metragens e mudou várias vezes de sede. Há vários anos o festival acontece sempre no fim do mês de outubro, coincidindo com o Halloween.

Em 2014, o BARS completa 15 anos. Para comemorar, a grande novidade é que o festival se amplia de 7 para 11 dias dedicados ao cine de terror. O festival começa hoje, dia 30 de outubro e termina no dia 9 de novembro.

Buenos-Aires-Rojo-Sangre-poster

Buenos Aires Rojo Sangre pôster

 

DESTAQUES DA PROGRAMAÇÃO 2014

 

Competição Internacional – reflete o panorama de cine de terror independente do mundo todo, vai contar com títulos de Espanha, França, Reino Unido, Alemanha e Canadá, além de filmes argentinos.

Competição Iberoamericana – enfoca a cada vez maior produção de filmes em espanhol, com participação de filmes do Chile, Venezuela, Espanha e Argentina.

Competição Bizarra – novidade deste ano, esta competição exibe as produções mais estranhas, delirantes e divertidas de todo o mundo. Participam filmes argentinos, canadenses, norte-americanos, turcos, entre outros.

O festival conta também com competição de curtas, retrospectivas temáticas e seções paralelas. Além disso, também organiza atividades especiais, como oficinas de formação, debates e mesas redondas e apresentação de livros. As atividades especiais são com entrada grátis.

XV Festival Buenos Aires Rojo Sangre: De 30 de Outubro a 9 de Novembro de 2014

BARS 15 anos

BARS 15 anos

Complejo Monumental – Lavalle 836, Buenos Aires

Valor da entrada: $25 pesos

Página Oficial (Programação completa, horários, jurados e prêmios, etc.)

www.festivalrojosangre.com.ar

Nada melhor que entrar na onda de Halloween assistindo filmes de terror pra passar uns medinhos. Para todos que curtem esse gênero, quais são os seus filmes de terror favoritos? Deixem a sua opinião nos comentários!

Relatos Selvagens

Relatos-Selvagens-poster

Relatos Selvagens

 

Uma comédia de humor negro que gira em torno de personagens que, diante de determinadas circunstâncias, perdem totalmente o controle e se vingam, sem medir consequências.

Relatos Selvagens (Relatos Salvajes), filme escrito e dirigido por Damián Szifron  e estrelado por Ricardo Darín, está bombando (literalmente) na Argentina desde que estreou por aqui no dia 21 de agosto. Em apenas cinco semanas, o filme conseguiu superar o recorde de O segredo de seus olhos para ser o filme argentino mais visto nos últimos 25 anos.

O filme tem muitas semelhanças com O segredo de seus olhos, muito além de ser protagonizada por Ricardo Darín. Os dois filmes participaram de vários festivais de cinema por todo o mundo (Cannes, San Sebastian, Telluride), contaram com distribuição massiva em vários países e apesar de ambas transbordarem uma identidade tipicamente argentina, falam de temas com fácil identificação por parte do público em geral.

E acima de tudo, as duas foram escolhidas como representantes da Argentina para concorrer ao prêmio Goya espanhol e ao Oscar de melhor filme estrangeiro. Resta aguardar para saber se Relatos Selvagens poderá igualar o sucesso de O Segredo, que ganhou os dois prêmios.

O filme – sem spoilers 😀

Relatos Selvagens é uma antologia com seis histórias diferentes, sem nenhuma conexão umas com as outras. O filme é muito bem estruturado, mesmo sem títulos para separar as histórias, cada uma possui uma conclusão bem evidente e então passamos para a próxima história. O diretor aparentemente não se preocupa em julgar se as ações dos personagens são certas ou erradas, em vez disso procura demonstrar as causas que os levam a perder totalmente o controle e como é fácil fazê-lo diante de determinadas circunstâncias.

Ricardo Darin

Ricardo Darin

O primeiro segmento é ambientado em um vôo comercial, onde um crítico musical descobre uma inesperada conexão com uma modelo sentada ao seu lado. A segunda história é sobre uma garçonete e uma cozinheira de um bar de estrada que são levadas a uma discussão ética quando um dos clientes é uma figura do passado de uma delas. A terceira história é um típico caso de fúria atrás de um volante, contando o embate entre dois motoristas em uma estrada. Ricardo Darín aparece no quarto episódio, interpretando um engenheiro que tem o seu carro apreendido diversas vezes por estacionar em lugares proibidos. A quinta história mostra um homem rico que tem que lidar com o fato que seu filho irresponsável atropelou e matou uma grávida e depois fugiu do local do acidente. Finalmente, a última história é sobre uma noiva que descobre, durante a festa do casamento, que seu marido não só a traiu com uma companheira de trabalho, mas ainda a convidou para a festa.

Damian Szifron, Leonardo Sbaraglia e Ricardo Darin

Damian Szifron, Leonardo Sbaraglia e Ricardo Darin

Tecnicamente o filme é muito bem feito, um padrão sempre presente na maioria dos filmes argentinos. O segmento da estrada é um ótimo exemplo, a paisagem do norte argentino é impressionante, muito linda visualmente. Essa questão técnica é um dos motivos do grande sucesso de Relatos Selvagens, mas também é evidente que o feeling maior com o filme passa pela identificação do público com as situações mostradas e pelo humor que permeia as histórias, algumas mais tétricas que outras, mas sempre com esse tom cômico e anárquico que chega a lembrar Quentin Tarantino.

Relatos selvagens abre a Mostra Internacional de Cinema de São Paulo e estréia no circuito comercial brasileiro em outubro. Um filme imperdível! Já estão planejando ou já viram este filme? Deixem seu comentário aí embaixo!

 

Mafalda 50 anos

mafalda 1

O mundo segundo Mafalda

E quem diria que Mafalda, uma das personagens mais revolucionárias dos quadrinhos, é agora uma senhorinha de 50 anos? A primeira publicação de Mafalda foi no dia 29 de setembro de 1964 na revista Primera Plana, e essa data é considerada por Quino, seu criador, como o nascimento da personagem. Para comemorar essa data tão especial, o Ministério de Cultura da Cidade de Buenos Aires apresenta a exposição O mundo segundo Mafalda, uma mostra interativa para (re)descobrir o universo de Mafalda.

A MOSTRA
Mafalda

A menina que revolucionou os quadrinhos

A exposição mostra diferentes aspectos da vida cotidiana segundo a mirada particular e perspicaz da Mafalda. É uma visita interativa que permite uma aproximação com os personagens através de atividades e ambientações para experimentar o mundo de Mafalda além da linguagem em branco e preto dos quadrinhos.

A mostra está formada por várias seções como a apresentação dos personagens e do autor, os gostos e desgostos de Mafalda, direitos das crianças e muito mais, além de uma galeria com quadrinhos selecionados. A mostra se apresenta como uma visita educativa tanto para adultos como para crianças.

Esta exposição coincide com Quino por Mafalda, uma retrospectiva que exibe uma seleção da produção do autor que pode ser visitada até o dia 15 de novembro no Museu do Humor (Av. de los Italianos 851, em Puerto Madero). Ambas propostas permitem disfrutar do talento de Quino e recordar Mafalda, a sua personagem mais emblemática, que marcou gerações tanto na Argentina como no resto do mundo.

Mafalda

Mostra interativa na Usina del Arte

DE 18 DE SETEMBRO ATÉ 30 DE NOVEMBRO

Entrada livre e gratuita

Dias e horários: quintas e sextas de 10 a 18hs, sábados e domingos: de 12 a 20hs

Usina del Arte – Endereço: Agustín Caffarena 1, esquina com Avenida Pedro de Mendoza, La Boca

Visite a página oficial de Quino e Mafalda

Mafalda 50 anos

Homenagem aos 50 anos de Mafalda por Liniers